0 produtos   –   0,00 €

Carrinho de Compras ×

Não existem produtos no carrinho


Palavra Encantada: Branding

Escrito em 06 de Jul. de 2020


Olá, cúmplices da escrita!

Como prometido, o primeiro tema do mês é... Branding: a arte de transformar um nome, numa marca!


Eu interiorizei este conceito aquando a minha participação num encontro, muitíssimo interessante, com o famoso #1 coach, JT Foxx.


Quando nos lançamos à mercê de um mundo de opiniões, sonhando e lutando, por uma carreira de sucesso, o conceito de Branding, transforma-se numa das ferramentas mais importantes.


   Afinal, qual é a finalidade do branding, para um escritor?


   De uma forma simplificada, trata-se da transformação do nosso nome – de artista – , numa marca. Na nossa marca profissional. Única, no mercado. Como tal, existem alguns padrões a cumprir que, mais tarde, contribuirão para um marketing mais certeiro e adequado ao escritor, propício, claro, a mais relacionamentos junto do público alvo, e, como tal, resultados mais positivos, rumo ao sucesso.

>> Branding – o combustível.
>> Marketing – o motor.
>> Relacionamentos - a oportunidade.

   Vamos por partes:

   1) O Nome.


   Quando ousei lançar-me no mundo literário, escolhi apresentar-me como Susana C. Júdice. Sendo o meu nome verdadeiro, este, passou em simultâneo, a ser a minha marca. Se fizeste a mesma escolha que eu, já sabes, o teu nome, é a tua marca. Se optaste por um pseudónimo, ou mais do que um, passa, ou passam a ser, individualmente, uma marca.

   2) A Imagem.


Agora, vamos colocar o nome de parte e focar, meramente, no conceito da marca. Todas as marcas possuem uma imagem única. Aqui, a nossa missão, passa a ser a conjugação de características que possam, facilmente, distinguir a nossa marca no mercado.

  • Logótipo

   Se é uma marca, tem um logótipo. Não é necessário ser um símbolo, podem optar por uma conjugação de cores, ou um tipo de letra especifico. Mas sejam fiéis à vossa escolha no decorrer das publicações.

  • Hashtag #

   Esta dica é obrigatória. Com a evolução do universo online, é preciso manter uma ligação única a cada publicação que possamos fazer. Como tal, sugiro a criação de um hashtag exclusivo para a vossa marca. É extremamente importante que o coloquem em TODAS as publicações envolvendo a vossa marca. A tua marca representa uma ou várias obras literárias? Coloca o teu #. A tua marca representa um blogue, revista, projeto... ? Coloca o teu #.

Exemplo: No meu caso, em todas as publicações que envolvem literatura, eu coloco: #susanacjudice

  • Temas Visuais

   Gostas de partilhar as tuas melhores frases? Costumas promover as tuas obras através de publicações? Experimenta arranjar um fundo uniforme para dar um brilho visual ao que escreves. Com o blogue Palavra Encantada, escolhi um fundo simples com uma fantasia azul. Utilizo o mesmo fundo para frases, títulos de posts, enfim, para tudo o que envolva o blogue. Tenho um tema diferente para cada uma das minhas obras literárias. Assim, a cada publicação que eu faça, os meus leitores conseguem facilmente identificar o assunto, apenas com uma observação. Quando o meu conteúdo é partilhado por leitores, os meus leitores habituais reconhecem, de imediato, que eu sou a escritora daquele conteúdo. Sejam criativos!

  • Expressões por escrito

   Se tens alguma expressão que habitualmente utilizas, não tenhas receio de lhe dar protagonismo nas tuas publicações. O importante é construir a tua marca com base na tua essência. Afinal de contas, a referida marca, é o TEU nome.

   3) Planos & Propaganda.

  • Define um plano de promoção para a tua marca. Contacta revistas, blogues, programas de rádio, televisão ou online, grupos nas redes sociais... locais que sejam propícios para promover a tua marca, de acordo com o teu público-alvo. Por exemplo: Se eu estou a promover o meu livro “Segredo de Liberum”, um dos produtos que, a minha marca, Susana C. Júdice, explora, não tenho interesse em divulgá-lo junto de grupos de literatura infantil, pois não é o meu público-alvo. Sê objetivo ao construir o plano. Defende os teus interesses e, claro, defende a tua marca, com toda a tua alma!

  • Aposta num site para a tua marca. É importante existir um local online, para onde possas direcionar os teus leitores e dar a conhecer a tua marca, bem como, os produtos explorados pela mesma. Sim, grande parte da promoção, será feita, presumivelmente, através de redes sociais. Mas... e se um leitor não trabalhar com a mesma rede social que tu? E se um leitor não tiver absolutamente nenhuma rede social? Sim, estes leitores raros, existem! Não nos podemos esquecer deles. TODOS os leitores são igualmente importantes.

  • Cartões de visita – Super importante! Não há nada mais desagradável do que perder a oportunidade de promover a tua marca. Estas oportunidades, por vezes, surgem em momentos totalmente inesperados, pelo que é extremamente útil teres sempre à mão um cartão de visita, proporcionando, em simultâneo, um gesto extremamente profissional.

Enquanto escritora, tenho a opinião de que o branding da nossa marca, do nosso nome, é tão importante quanto aquilo que escrevemos.

Eu quero que os meus leitores apreciem, obviamente, aquilo que escrevo. Mas também desejo que “Susana C. Júdice”, a minha marca, o meu nome, seja imediatamente identificado como um nome da literatura portuguesa.


Espero ter ajudado com este post e que as dicas vos tragam muito mais sucesso e leitores. Que a vossa arte seja reconhecida!

Sucesso não cai do céu. Se o sonho é teu, tens de ser TU a lutar por ele.

Continuação de muita inspiração e até breve!

Xo,
Susana